Dica de filme: “Ferrugem e osso”

26 nov

20121125-201922.jpg
“Ferrugem e Osso” é um filme forte e marcante que possivelmente será muito bem representado no Oscar de 2013. A trama é baseada num conto de mesmo nome (em francês, De rouille et d’os; em inglês, Rust and Bone) do autor canadense Craig Davidson. Trata-se do encontro de duas pessoas em crise. Ali (Matthias Schoenaerts) está desempregado, sem dinheiro e pai solteiro, experimentando então, vários empregos temporários como segurança de boate, vigilante e lutador “underground”. Stéphanie (Marion Cotillard) é uma treinadora de orcas que sofre um acidente em uma apresentação do show, tendo as pernas amputadas.:(
Ambos se conhecem numa boate após uma briga, e faíscas contraditórias são soltas, logo de início, quando as personalidades ingenuamente sincera( dela) e egoísta (dele), e traumatizada(dele) e danificada (dela) colidem. Eles voltam a se encontrar quando ela já está na cadeira de rodas e precisando recomeçar a vida. A presença de Ali funciona como uma porta de volta para o mundo, pois ele, em sua simplicidade e afeto (à sua maneira), a ajuda a se readaptar e mesmo redescobrir o interesse pela vida.

20121125-202334.jpg

A história é contada numa forma bastante realista, mostrando pessoas com problemas como todo mundo, problemas familiares, sentimentais e financeiros (essa é a entrada perceptível de mostrar um pouco sobre a crise que a Europa esta passando, que afetou os estilo de vida de muitas pessoas, não apresentando a França cheia de turistas consumistas, mas sim pessoas roubando, fazendo “bicos”, empregos clandestinos e alto desemprego).

20121125-202443.jpg
O filme é realista, de uma forma que as pessoas acostumadas com produções genéricas de Hollywood, irão sentir a diferença com o cinema europeu.O realismo se mostra cristalino no rumo que tomam os personagens. Eles não são heróis clássicos. Geralmente em filmes sobre pessoas acidentadas, elas são retratadas como seres de forças sobre-humanas, que superam as crises de forma fantástica e blá blá blá. Em Ferrugem e Osso, os dois são pessoas quebradas, ela, a ferrugem, ele, o osso. Ambos são de alguma forma quebrados pela vida e terão de adaptar-se a isso.

Download do Filme

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: